Monday, 6 September 2010

Uma comune chamado Valdobbiadene


Como mencionei em meu post anterior, apòs ir ao Archivio di Stato de Treviso, o fim de minha busca parecia inerente. Peguei o primeiro trem da Treviso Centrale e fui direto para lì...

Valdobbiadene è uma comune (municipio) do norte da provincia de Treviso, regiao conhecida como "alta marca" entre os locais. Cheguei ao anoitecer na cidade. Nao tinha nenhum endereço, lugar para dormir nada. Fui proseando com um certo Signor Giovanni no busao da estaçao de Alano atè o centro de Valdobbiadene. Contei a ele o meu causo e ele me ajudou a procurar algum lugar pra passar a noite. Fomos ao Ufficio Turismo da cidade ( sim, estranho tinha pensado porque uma coisa de turismo ali no meio do nada) e ali peguei uma lista dos Bed & Breakfast da regiao. Depois acabei descobrindo que a cidade è famosa como sendo o berço do vinho Prosecco, um dos espumantes mais famosos...

O que vejo de nomes entao nessa lista? Um monte de gente com sobrenome Bortolomiol e tambèm Zilli, suposto sobrenome da mae do Tal Pietro... Passei a noite ali na Locanda Colomba, propriedade do simpatico signor Giacinto. Tava mais faceiro que pià de video game novo. Estava com a faca e o queijo na mao..

Na manha seguinte, o tempo nublou. Dirigi-me ao Municipio da comune para o ufficio anagrafe para verificar se o Tal pietro nascera ali. Este foi apenas o começo da "mini-saga" valdobbiadene...

Meu amigo, se seu antepassado nasceu nesta regiao da alta marca( Valdobbiadene, Cornuda, Vidor, Vittorio Veneto, conegliano, etc), voce certamente haverà um problema: na entao primeira guerra mundial, aqui conhecida como "la grande guerra", essa regiao foi o fronte de batalha final entre os austriacos e os italianos. Na pratica, quase todas igrejas da regiao foram destruidas, assim como os municipios. Com eles, a grande maioria dos registros civis viraram picoman queimado... Em valdobbiadene, eles reconstruiram os registros civis baseado no "relato dos cidadoes locais". Ou seja, se depois da guerra ninguem disse que em 1871 o fulano de tal tinha nascido ali, ja eras...perdido no tempo...

Assim começou a explicaçao da senhora da comune. Apos verificar no livro, foi tiro e queda. Nem sinal de um tal Pietro Bortolomiol. Mas ainda tinha a esperança das igrejas.

Fui entao na igreja matriz e falei com o parroco. Ele entao me explicou que das 5 igrejas de valdobbiadene, 2 foram destruidas e todos os registros perdidos: a matriz e a de San Pietro de Barbozza. Perguntei entao: "os bortolomiol daqui, onde se concentram?" resposta: " no centro (matriz) e em San Pietro di Barbozza"...

Ae desiludi da vida e voltei pra Como... Ainda tinha esperança das outras 3 igrejas. Numa verifica posterior, olhei os registros das igrejas de Santo Stefano, Guia e San Vito. NADA, nem sequer um bortolomiol nasceu ali... parece q eles vieram mesmo todos do mesmo buraco...

Desta vez, tinha alugado um carro e junto com minha guria fizemos um "tour" pelas cidades vizinhas. Passamos por Vidor, Farra di Soligo, Miane, Pederoba, bla bla... nada... com exceçao de vidor, onde tinha muitos registros de Bortolomiol porem com todas igrejas destruidas, ehhe, nem sequer um bortolomiol encontrado..

Ma di dove era venuto questo tipo????

Uma outra sugestao dada pelo padre de San Pietro foi olhar o arquivo da Curia. Bom, as igrejas de Valdobbiadene nao pertencem a curia de treviso mas sim a curia de Padova( obvio, nada faz sentido por aqui mesmo...). Ali em padova, eles conservam a copia de TODOS os registros de casamento, nascimento e obito de TODAS igrejas da diocese. O porem, e ai vem sempre o tal porem: TUDO somente atè 1866, data da anexaçao do Veneto ao reino da Italia.

Mesmo sabendo que ali nao encontraria meu tatatataravo, fui no intuito de achar os seus pais: se ele nasceu ali, deveria achar o casamento do tal Giovanni Bortolomiol com a Maria Zilli ou atè mesmo um irmao mais velho nascido antes de 1866. Fuçei o que pude, nao achei nada....

A resposta è que nunca saberei se ele nasceu ali em Valdobbiadene. Essa cidade com milhares de metros quadrados de morros cobertos de parreirais de Prosecco (por sinal, uma das cantinas mais famosas è justamente a Bortolomiol) que me lembra muito a serra gaucha, està sendo minha incognita por anos... soh terei uma resposta final quando achar o Tal Pietro...certamente, em outro lugar bem longe dalì...




9 comments:

  1. Ola,
    Que fim deu essa historia? rs
    Nao tem mais post e fiquei curiosa pra saber se vc conseguiu achar! Bem, na verdade eu estou procurando informacoes sobre a minha familia tbm e acabei encontrando seu blog...esta sendo bem complicado encontrar os documentos para a cidadania italiana. Vc ainda esta na Italia? Eu estou em Londres agora mas estou pensando em contratar algum interprete para ir comigo fazer as buscas nas Igrejas etc pq obviamente eu nao falo italiano...se vc puder me ajudar e so me mandar um email ok?! Obrigada! Carol

    ReplyDelete
  2. This comment has been removed by a blog administrator.

    ReplyDelete
  3. Também queria saber como acabou a sua história!
    Um abraço!

    ReplyDelete
  4. Mais um .... encontrastes o Pietro? :)

    ReplyDelete
  5. Olá pessoal, a saga não acabou ainda... como estou longe do brasil está dificil procurar mais pistas...mas um dia hei de encontrar lo, boa sorte aos demais pesquisadores

    ReplyDelete
  6. Pesquisou sobre esse?
    https://familysearch.org/pal:/MM9.3.1/TH-1942-27976-22061-91?cc=1947831&wc=M8J5-HTL:248105101,248358801

    ReplyDelete
  7. Oi Maria, obrigado pelo post. Pois pesquisei sim esse livro de San Pietro, mas infelizmente tem um "buraco" entre jan/1872 ate ago/1872. Pela sorte do vivente aqui, parece que o meu tataravo nasceu em jun/1872, ficando justamente nesse intervalo.

    Cheguei a ir na Comune, hoje Valdobbiadene, e eles tem um livro reconstruido sobre os periodos que foram extraviados durante o bombardeamento da I guerra. Esses livros foram feitos nos anos 20 de acordo com relatos da populacao local, mas parece que toda a familia do Pietro emigrou pra outro pais ou pra outras areas de Treviso por esse tempo, entao ninguem declarou que o Pietro nascera ali.

    1 abraco

    ReplyDelete
  8. Ola Andrio já pesquisou aqui: http://www.archiviodistatotreviso.beniculturali.it/leva/renitenti.aspx

    Também estou pesquisando informações de parentes. Gostaria de ter informações dos registros de Valdobbiadene é só presencial ? Voce sabe dizer se eu poderia solicitar alguma informação por email dos registros?

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Rudinei, obrigado pelo link, ja fucei por tudo no archivio de Treviso, o problema é que eles tem os dados de quem serviu a partir de 1874. Da mesma maneira a comune de Valdobbiadene soh tem dados a partir de 1874, como meu trisavo nasceu em 1872 to no nimbo...

      Quanto a informacoes da comune la, infelizmente nunca responderam meus emails nem carta...tive que ir la pessoalmente e uma vez ateh bati boca com a mulher do anagrafe, que foi grossa pacas comigo...

      soh por curiosidade, quem esta procurando por la? sobrenome, datas? nao te esquece que os registros a partir de 1871 estao online no family search, poder olhar di gratis hehe 1 abrss

      Delete